É falso que a Anvisa restringiu a entrada de medicamentos doados ao RS

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um comunicado onde esclarece que é falso o vídeo que está circulando nas redes sociais sobre a Anvisa estar proibindo a entrada de medicamentos doados para atender as vítimas da calamidade provocada pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

Na nota, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária esclarece que não efetuou qualquer restrição ao transporte de medicamentos destinados ao Rio Grande do Sul.

A Anvisa reforça ainda que está cumprindo com o seu compromisso de trabalhar em prol da segurança sanitária e acompanha a situação emergencial de perto, em contato direto com as autoridades federais, estaduais e municipais. Dessa forma, atua para atender qualquer excepcionalidade necessária para amenizar os danos causados pela enchente.

O documento ressalta que a Anvisa faz parte da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero), por isso, é rotina o contato direto com as companhias áreas e vice-versa.

Além disso, a nota esclarece que a Anvisa participa também do Centro de Operações de Emergência (COE), coordenado pelo Ministério da Saúde para definir ações diante da emergência no estado.

É importante reforçar que estão sendo disseminadas notícias falsas que a Anvisa está restringindo a chegada de medicamentos doados ao Rio Grande do Sul. Esta informação é falsa e Fake News é crime. Informe-se antes de repassar!

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support